Escolha uma Página

Yara arrive du keno Sempre tomo decisões erradas!

Sabe aquela sensação de ter tomado, de novo, a decisão errada?

De acordo com Daniel Kahneman, é porque a decisão está errada mesmo.

Daniel  Kahneman, ganhador do prêmio Nobel de Economia de 2002, fez um estudo e chegou à algumas conclusões: 

Inconscientemente, distorcemos os fatos, pois  enxergamos o mundo através de filtros que nos levam a perceber as informações de maneira parcial.

Isso significa que vemos, sentimos e interpretamos as coisas diferente da realidade, temos percepções distorcidas de como as coisas realmente são, uma vez que o cérebro humano é contaminado por expectativas e percepções não realistas, por isso as http://badasstrucking.biz/654-ph53002-is-ivermectin-safe-for-heartworm-positive-dogs.html falhas nos processos decisórios são regras e não exceções. 

Ele chama esse tipo de distorção de casino la riviera VIESES COGNITIVOS.

Cada viés ou realidade distorcida nos faz perceber as coisas de determinadas formas. Essas percepções distorcidas de como as coisas são, atrapalham muito nos processos decisórios.

http://princedevelopmentgroup.com/2442-cs93705-casino-slots-online-gesangsunterricht.html  Quais são os os vieses cognitivos segundo Kahneman?

echt geld slots online bonussen 1 –  Viés do PESSIMISMO: Se algo pode dar errado dará errado!

As pessoas com vieses do pessimismo, tendem a achar a vida difícil, que o futuro será complicado, que as coisas sempre são mais difíceis para elas do que para as outras pessoas ou que têm menos oportunidades. Enfim, se acha um azarado!

2 – Viés do OTIMISMO EXAGERADO: Vai dar tudo certo! As estatísticas não valem para mim. 

Totalmente ao contrário do pessimista, o otimista exagerado costuma ignorar os riscos e probabilidades de algo dar errado,  pois confiam que eles são mais competentes, mais inteligentes, mais saudáveis, mais honestos que as outras pessoas. Como pode dar errado sendo assim?

3 – Viés da CONFIRMAÇÃO: Você só está certo se pensar como eu!  

Inconscientemente essas pessoas buscam a todo momento confirmação de que ela está certa. Inflexível, costuma não dar atenção ou menosprezar opiniões e informações alheias às suas crenças e conhecimentos. 

4 – Viés da AVERSÃO À PERDA: tenho mais medo de perder o que eu já tenho do que desejo de conquistar algo melhor.  

Pessoas assim, costumam não arriscar muito, pois para elas, não vale a pena trocar o certo pelo duvidoso. Tem que ter sempre 100% de certeza sobre as coisas. Ficar onde está é muito mais confortável. Pode perder muitas oportunidades com isso.

5 –  Viés da SENSAÇÃO DE INJUSTIÇA : Me preocupo mais com injustiça do sucesso alheio do que em alcançar o meu próprio sucesso.

Geralmente vivem em uma competição em sua cabeça, onde sempre é injustiçado. Se sente rejeitado no trabalho ou excluído por não participar de grupos específicos. Acredita que seu valor não é reconhecido, pois merece mais do que tem. 

Todos essas percepções distorcidas nos levam a criar falsas esperanças, subestimar riscos ou tomar decisões equivocadas. Resultam em uma enorme dificuldade para encontrar o lugar certo, pois geram expectativas utópicas. Isso faz com que as pessoas percam muito tempo por não perceber que está no lugar errado ou por não identificar em quais aspectos a sua personalidade está atrapalhando sua carreira.

Reconhecer e abreviar a influência de seus vieses lhe dará uma compreensão mais real e consequentemente mais condições de posicionar em um lugar que tenha conexão com a sua personalidade e seu estilo de vida

O nosso cérebro é responsável pela percepção distorcida,  pela falta de controle das  reações.

Daniel Kahneman afirma que nosso cérebro tem dois modos de ação:  Automático e Analítico

O Automático ou Involuntário comanda nosso inconsciente e é responsável por 95% de nossas ações, ou seja, nosso inconsciente toma muito mais decisões do que imaginamos.

O Analítico ou Voluntário comanda apenas 5% do funcionamento cerebral, ou seja, apenas 5% das nossas ações são de fato tomadas de maneira lógica e racional.

Como então,  podemos nos precaver da influência dos vieses?

1 – Sempre crie e análise mais de uma solução para um problema, sempre levante mais hipóteses sobre o assunto.

2 – Busque outras opiniões, acesse pessoas com senso crítico mais ou menos apurados do que os seus, análise outras opiniões ou pontos de vista.

3 – Procure tomar suas decisões baseados em fatos, dados e evidências e não em achismos.

4 –  Corra riscos calculados, preveja as possíveis consequências de uma ação e já planeje como vai agir caso alguma coisa dê errado.